Notícias

Serviço de despachante auxilia motoristas na legalização veicular.



Andar com o veículo 100% legalizado, para alguns motoristas, é um grande problema. Toda a burocracia quanto à legalização, documentação, transferências, tudo isso, além de demorar, não depende apenas de pagamento de taxas, pois existem tramites que, nem sempre os motoristas conhecem. Resultado disso é o grande número de veículos que rodam pelas ruas sem os devidos documentos.


A Folha de Negócios ouviu Eliana Paula, despachante, com registro no Conselho Regional dos Despachantes Documentalistas do Estado de Minas Gerais (CRDD-MG / nº 02179), que esclareceu algumas dúvidas quanto à documentação veicular e procedimentos burocráticos.


Com a correria do dia-a-dia e a falta de tempo, a maioria dos motoristas, para manterem seus veículos legalizados, contam com o auxílio do despachante. Esse é o profissional adequado para realizar serviços referentes à documentação de veículos, transferência, segunda via, primeiro emplacamento, licenciamento, alteração de dados, ou seja, qualquer regularização em torno de um veículo.


De acordo com Eliana, alguns casos são específicos e devem ser destacados, com os de veículos convertidos à Gás Natural Veicular (GNV). "Quando o veículo tem, também, o GNV como combustível, para legalizá-lo, tem que se montar um processo de alteração veicular, para que possa ser emitido o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV), bem como o Certificado de Registro de Veículo (CRV), também conhecido como recibo de compra e venda", informou Eliana.


Ainda segundo Eliana, "o despachante monta o processo e, a partir daí, o veículo passa por vistoria no Inmetro e, posteriormente, no DETRAN-MG. Atualmente, o valor da vistoria do Inmetro é de R$180,00. Após esse processo, o proprietário do veículo deve pagar uma taxa ao Estado, para que os documentos possam ser emitidos.".



Eliana ainda orienta que, hoje, é obrigatório os motoristas estarem com o CRLV 2014, porém, isso não isenta nenhum motorista de pagar em dia o IPVA 2015, taxas e seguro obrigatório. "Contratar um serviço de despachante para dar conta de toda documentação e regularização veicular pode ajudar, e muito, os motoristas a evitar problemas futuros. Entretanto, oriento a todos que procurem despachantes que sejam credenciados no Detran-MG", orientou Eliana.



A Despachante Eliana Paula atende à Avenida Irmã Paula, 113, no bairro São Sebastião. Os telefones são 3331-6185; 8412-6480; 9968-0623; 8841-2557; e 9165-1151, também com atendimento em domicílio.